A mala

Olhei para aquela maleta no canto do meu pequeno cômodo e não resisti às fortes lembranças que ela me revolvia. Sentei à beira da cama e chorei até soluçar. Eu começara uma pequena arrumação no meu apertamento; aquele bicho da limpeza que às vezes nos incorpora, e nos faz jogar fora coisas velhas e sem utilidade; e a cada quinquilharia uma lembrança, lembrança de uma vida que foi e não me levou junto. … 

 

O amigo mendigo

Foi só quatro anos depois da nossa despedida que eu tornei a vê-lo. Nossa despedida não. Minha despedida, quando eu me mudei pra capital pra estudar. Foi só agora que voltei a vê-lo.

Ele era um grande amigo de infância, mas o tempo ceifou a amizade que já vinha por fim debilitada.

Vi André deitado no chão, encolhido, enrolado em um cobertor de tecido não-tecido, muito sujo por sinal, mas ainda assim não mais sujo que o próprio André. … 

 

A Velha e a Manifestação

Era um sábado de manhã e eu estava perdido em meio a uma multidão de manifestantes. Não que realmente estivesse perdido, mas porque eram muitos. Eu também gritava e conclamava como todos que estavam ali, sedentos por mudanças e sonhadores com uma nova configuração do sistema.
…